NOTA DE REPÚDIO DO SINDSAUDE BAHIA ÀS OFENSAS PROFERIDAS PELO SECRETARIO DE SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA FÁBIO VILLAS BOAS CONTRA ANGELUCI FIGUEIREDO “PRETA”.

NOTA DE REPÚDIO DO SINDSAUDE BAHIA ÀS OFENSAS PROFERIDAS PELO SECRETARIO DE SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA FÁBIO VILLAS BOAS CONTRA ANGELUCI FIGUEIREDO “PRETA”.

 

Vimos manifestar com veemência o nosso repúdio ao comportamento do Senhor Secretário de Saúde do Estado da Bahia Fábio Villas Boas em relação à senhora Angeluci  Figueiredo, mais conhecida como “Preta”, mulher negra e empresária do ramo da gastronomia baiana, dona do restaurante Preta , fechado no último domingo, 01/08,  seguindo orientações da Capitania dos Portos do estado da Bahia, em virtude das condições climáticas contrárias, inclusive,  à navegabilidade.

 

O comportamento agressivo do Secretário, bem como suas ofensas proferidas a esta senhora trouxeram tamanho incômodo e perplexidade à comunidade baiana e às entidades representativas da sociedade civil. De forma que, nos solidarizamos a esta mulher e à comunidade baiana, majoritariamente composta de pessoas e mulheres negras, repudiando comportamentos desta natureza como o adotado pelo então Secretário de Saúde da Bahia. O ofensor atuou, neste contexto, dentro da forma preconizada pelo racismo, dissimulado e escancarado, desconsiderando pessoas negras como atores sociais competentes, dignos e trabalhadores. Do mesmo modo, este comportamento do secretário é considerado misógino, na medida em que atenta contra as mulheres, e as coloca em posição de subserviência ao poderio de um homem que ocupa um importante cargo público e que, por conta disso, entende que mulheres devem servi-lo, acima de quaisquer circunstâncias, reforçando um conceito equivocado de superioridade de gênero, instituído pelo patriarcado ao longo dos anos. Contudo, na contemporaneidade, tornou-se uma bandeira de luta dos movimentos sociais no objetivo de combater a ideia de desvalorização e preconceito contra as mulheres.

 

Diante do ocorrido e  exposto, este  Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado da Bahia (SINDSAUDE), cujo objetivo precípuo  é também solidarizar-se de forma ampla e ativa  às demais categorias de trabalhadoras e trabalhadores, buscando unicidade em todos os níveis, prestando apoio aos povos do mundo inteiro na luta pelo fim da exploração de mulheres e homens  pelo homem, não poderia se furtar em emitir uma Nota de Repúdio que explicitasse toda nossa indignação e contrariedade a toda manifestação de desrespeito e  intolerância inadmissíveis à mulheres negras trabalhadoras . Nos posicionamos reafirmando que a cada ataque sofrido, por estas que têm enorme representatividade em nossa sociedade, nossa resistência se renova e nossa convicção de que estamos no caminho certo se fortalece.

 

Postar um Comentário