Audiência Pública debate o tema: “O Trabalho da Enfermagem no Contexto de Crise”

Audiência Pública debate o tema: “O Trabalho da Enfermagem no Contexto de Crise”

Na manhã de ontem (31/05) a Conselheira do Sindsaúde-BA, Ana Carina Dunham, representou a entidade na Audiência Pública na Assembléia Legislativa da Bahia, realizada por iniciativa do Deputado estadual Hilton Coelho e de forma virtual, a audiência teve como tema: “O Trabalho da Enfermagem no Contexto de Crise”, a Conselheira abordou em sua fala sobre as condições de trabalho precárias, a falta de um piso salarial, de jornada dignas de trabalho, o adoecimento que os profissionais são submetidos no campo de trabalho, a retirada de direitos e a possibilidade de aprovação PEC 32.

A Conselheira abordou ainda a necessidade de nesse momento de crise reconhecer e valorizar os/as profissionais de enfermagem que sempre estiveram na linha de frente e a importância dos parlamentares reconhecerem o valor desse trabalho.

Participou também da audiência a Diretora de Comunicação do Sindsaúde-BA, Dart Clair Cerqueira, que contribuiu de forma significativa na sua fala com a experiência como Técnica de Enfermagem enquanto servidora pública e abordou sobre a sobrecarga que enfrentam os/as profissionais de enfermagem nos ambientes de trabalho, sobre a terceirização nas unidades de saúde públicas da Bahia e como esses/as trabalhadores/as também sofrem com vínculos instáveis, atrasos salariais e ainda a extinção do serviço público no estado, a mesma deixou como encaminhamentos na audiência que os/as parlamentares prezem por vínculos seguros e lutem por concursos públicos, que as gestantes tenham direito ao afastamento do campo de trabalho já garantido em lei e que não vem sendo cumprido no Estado, que os/as servidores/as tenham direito a extensão de carga horária que há anos vêm sendo solicitados e negados pela Sesab.

Também participaram da audiência pública outras entidades representativas da classe, a Ex. vereadora de Ssa Aladilce Souza, as Deputadas Estaduais Olivia Santana e Fátima Nunes.

Postar um Comentário