43.514 mil trabalhadores da saúde foram testados contra à COVID19.

43.514 mil trabalhadores da saúde foram testados contra à COVID19.

“Testes Rápidos, já! – salvar vidas é salvar todos que estão na linha de frente”, comentou Ivanilda.

 

O SindsaúdeBa no mês de maio de 2020, iniciou a campanha “Testes Rápidos, já – Salvar vidas é salvar o time de frente”. O objetivo é chamar a atenção do Governo do Estado da Bahia que uma realização de testagem em massa irá não só trazer uma estatística real do problema, como um diagnóstico da problemática ajudando a reforçar as campanhas e ações por toda a Bahia.

Entre os dias 30 de março a 10 de junho de 2020 foram testados 43.514 trabalhadores da saúde que atuam em serviços ligados ao enfrentamento da pandemia da COVID19. Os testes diagnósticos foram realizados nos mais diversos serviços de referência do Estado da Bahia, sendo 5.890 (13,6%) trabalhadores testados pelo CTA, destes 1.141 na modalidade Drive Thru, 4.671 por coletas no ambulatório e 78 em domicílio; 9.140 (21%) pelas unidades de saúde da SESAB e 28.484 (65,4%) oriundos de informações sistematizadas pelo CIEVS, a partir de dados e-SUS2, SIVEP-Gripe3 e GAL4/LACEN-Ba, conforme já divulgado pela SESAB.

Durante essa semana, o Hospital Roberto Santos vem realizando testagem com os profissionais e servidores públicos do Estado. “Essa luta de testagem na unidade foi uma luta do sindicato, não está sendo fácil lutar pelos direitos, há ainda ameaças internas, como frases absurdas ‘imagina se todos pegam covid19, eu vou ficar sem um servidor aqui?’, disse uma servidora no grupo de whatapp, após pedi para incorporar seu nome para fazer testes, então se somos a linha de frente o time que salva vidas, precisamos ser salvos para lutarmos pelas vidas de todos os baianos”, pontuou a representante do SindsaudeBa, Celest que mesmo de licença atua on line, junto com a secretária geral, Inalba Fontinelle.

“Estamos pedindo que todos os servidores públicos nos avisem se já fizeram e ou não fizeram, escrevendo a sua unidade de saúde e cidade, para que possamos lutar pela testagem rápida”, esclareceu a presidente Ivanilda Brito que reafirma, “nossa campanha Teste Rápido, já! – não vai parar até todos os colegas serem salvos”.

 

 

 

.

Postar um Comentário