Risco de desassistência à Saúde.

Risco de desassistência à Saúde.

ALERTA À SOCIEDADE BAIANA

Risco de desassistência à Saúde

Hospital Especializado Octávio Mangabeira

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) pretende fechar o Hospital Especializado Octávio Mangabeira para reforma-geral em plena Emergência de Saúde Pública (Covid-19).

DESASSISTÊNCIA – O hospital é especializado em doenças pulmonares e retaguarda para internamento de complicações pós-covid. Serão fechados 17 leitos de UTI; 59 leitos de Tuberculose, incluindo Tuberculose Multi Resistente; 61 leitos clínicos; 14 leitos cirúrgicos; e 42 leitos clínicos/cirúrgicos.

RISCO – Em plena pandemia de covid-19, a Bahia perderá vários leitos dentro de um hospital especializado em doenças do pulmão sob pena de colocar em risco todo o esforço feito pela sociedade para conter o avanço da doença.

SENSIBILIDADE –Suspenda a reforma enquanto permanecer a pandemia ou realizar a obra por etapas, diminuindo o impacto negativo no já sobrecarregado Sistema Único de Saúde (SUS).

EMBARGO – Servidores, Pacientes e Entidades da Saúde solicitam a suspensão do projeto e da licitação da obra até que exista segurança sanitária no país e que a Sesab apresente um plano que assegure a continuidade da assistência aos pacientes e salvagaurde os direitos individuais e coletivos dos servidores.

USUÁRIO – É desumano desativar um hospital referência para o país no tratamento da Tuberculose, doença que atinge principalmente os mais pobres e mais vulneráveis socialmente; que tem laboratório de suporte à Internação Domiciliar com uso de oxigênio; que abriga programas importantes como PROAR/Asma, Fibrose Cística e Combate ao Tabagismo, chegando a ser de extrema crueldade a interrupção dos serviços quando ainda temos em curso uma pandemia que aterroriza toda população mundial.

 

Sindsaúde-Ba – Sindifarma – Comissão de Servidores do HEOM

Frente Baiana Contra a Privatização da Saúde e Defesa do SUS (FBCPS)

Postar um Comentário