Observatório: frutas e verduras merecem cuidados.

Observatório: frutas e verduras merecem cuidados.

“Há muitas dúvidas sobre a transmissão do novo coronavírus, e uma delas é sobre a contaminação de alimentos. Para essa pergunta, a resposta curta é: basta higienizá-las da maneira correta”, comentou  Ivanilda Brito.

Para alimentos que serão consumidos in natura, como folhas e frutas, a higienização é feita como preconiza a segurança alimentar: lavar em água corrente para retirar sujeiras, parasitas e pequenos insetos e depois deixar de molho em solução clorada por 15 minutos, em média. Só então enxaguar em água corrente.

Cuidar da higienização é tão importante diariamente, quando nesta época de Pandemia. “Temos de entender que deveríamos estar fazendo isso sempre”, aconselha a Nutricionista Cássia Gonçalves, essa prática evita a proliferação de diversos micro-organismos que podem causar doenças ou intoxicações, não apenas a Covid-19.

O vírus só se multiplica em hospedeiro vivo e não nos alimentos, mas ele permanece vivo por algumas horas, mas morre quando o alimento é cozido ou higienizado propriamente.  O vírus é diferente da bactéria, que se multiplica em outras superfícies, por isso, todos os cuidados devem ser feitos.

Além de evitar aglomerações e higienizar as mãos constantemente, há pequenas ações no dia a dia que podem diminuir o risco de contágio. Uma rotina para evitar contágio contra a Covid-19 e outros micro-organismos fazerem parte das vidas de todos.

Para a diretora e Vereadora, Aladilce Souza, que segue a quarentena se cuidou neste domingo, 19 de abril, quando fez as compras da semana. “Hoje, não consegui pedir as compras da semana nem por telefone e nem pela internet, então tive que ir ao mercado… mas, como sempre, seguindo à risca as recomendações das autoridades sanitárias: máscara, luvas e álcool gel a tira colo, claro.”, esclareceu Aladilce.

Ainda seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a diretora e vereadora, dá dicas sobre esse cuidado. “Quando cheguei em casa, higienizei todos os alimentos da seguinte forma: tirei os itens dos sacos, coloquei na pia e lavei com água e sabão. As hortaliças botei numa solução própria para desinfetar hortifrutículas. Já os sacos, eu borrifo álcool a 70. Com os alimentos que vêm em embalagem, fiz o mesmo. Dá um pouquinho de trabalho, mas a gente fica mais tranquila, não é?”, explica Aladilce.

SindsaúdeBa segue com Observatório da Saúde e visitando as unidades de saúde.

Postar um Comentário