As mobilizações dos funcionários e servidores públicos da saúde do Hospital Roberto Santos continuará durante todos os dias até a abertura do novo refeitório. Após várias denúncias do SindsaudeBa que incansável vem através de ofícios, cards e reuniões com Conselho Estadual de Saúde e a SESAB. O prazo é até dia 1 de outubro para que o Governo do Estado da Bahia abra o novo refeitório ou uma grande mobilização já está agendada para chamar atenção da sociedade e a imprensa.

Após denúncia na tv, ontem, 21 de setembro, uma reunião com representantes do SindSaúdeBa (Inalba Fontenelle e Celeste do Rosário), um diretor administrativo, representante da Comissão dos Trabalhadores e a representante dos nutricionistas do quadro estatutário.

sindicato, diretoria, representantes da empresa aconteceu para explicar o ocorrido.  “São várias reclamações. Hoje, escolhemos a reunião mais já avisamos até dia 1 de outubro, pois merecemos respeito!”, disse a Secretária Geral Inalba Fontenele.

A servidora e representante do SindSaúdeBa, Celeste do Rosário, a luta está apenas começando. “Não vamos ficar esperando a boa vontade, nós funcionários precisamos de espaço digno e, por isso, vamos esperar até dia 1 de outubro”, pontuou.

Para à presidência do SindsaudeBa, Ivanilda Brito, as reclamações não param de chegar na sede do sindicato. “Estamos encaminhando todas as reclamações e vamos acompanhar em todas as unidades na capital e interior, toda a nossa diretoria ela está participando das demandas e estamos indo para cima do governo para resolver desde fim dos assédios até cuidados com a saúde dos servidores”, pontuou a presidente.

Postar um Comentário