Servidores Públicos usam criatividade para saírem da crise financeira.

Servidores Públicos usam criatividade para saírem da crise financeira.

O Governo do Estado da Bahia a anos não olha para os servidores públicos da saúde, conhecidos como SESABIANOS.  Já são 6 anos sem reajuste salarial, nada da URV, incorporação da GID, implantação da insalubridade, regulamentação da Lei 11.374 e nada de suspender a cobrança absurda do Funprev #FUNPREVNÃO. Preocupados com a crise que vive os milhares de servidores, o SindSaúdeBa lançou o Projeto Servidor Empreendedor.

Com objetivo de ajudar e colaborar com o servidor(a) a impulsionar seus serviços prestados e ou melhorar nas vendas, o projeto criou uma ferramenta virtual: site para concentrar todas as criatividades e, principalmente, os materiais para comercialização. Com produções dentro do conjunto de atividades econômicas, para fomentar e gerar renda, que possui em seu modelo econômico adotado a autogestão, com democracia, cooperação e justiça social.

Na atual gestão do governo onde não abre a mesa de negociação e não dá reajuste aos servidores da saúde, muitos ou quase todos os servidores estão com dificuldades financeiras. Não sendo diferente para os aposentados, que estão sendo o alicerce das famílias devido a aposentadoria.

A presidente do SindSaúdeBahia, Ivanilda Brito, ressalta que o sindicato passou a olhar ainda mais para os servidores, com essa preocupação, além de priorizar a luta dos direitos. “Nas andanças pela Bahia identificamos várias inciativas próprias dos servidores e em família. São empreendimentos econômicos, em diversas cidades há belos trabalhos criativos que vão desde a artesanato, arte, poesia, cultura, roupas, crochê, são inúmeros trabalhos que geram renda e fomenta a economia local e da família, são servidores que estão se virando para sustentar sua família”, declarou Ivanilda.

O projeto Servidor Empreendedor vem para organizar e orientar os servidores com as seguintes demandas: – fotos e vídeos dos produtos, criação de artes (card), logomarca, orientação abertura do MEI, marketing nas redes sociais e outras possibilidades para a atividade que o servidor(a) esteja envolvida.

De acordo com a servidora aposentada, Ana Lúcia Cruz, artesã e poeta, essa oportunidade é especial. “Estamos em tempos difíceis, esse governo não olha para servidor público da sesab e ainda desconta o Funprev é absurdo, eu faço arte e vendo por toda a Bahia através do whatsapp, agora com o projeto vou criar minhas redes sociais e impulsionar ainda mais a minha marca. É inovador e muito importante pensar no servidor aposentado e os ativos, que realizam diversas atividades, ajudar a fortalecer a renda de todos e somar na luta da entidade, por isso, me filiei!”, parabenizou Ana.

O projeto conjunto das pastas: comunicação, esporte e lazer, assuntos da mulher, jurídico e a presidente que juntos colaboraram na formalização do projeto Servidor Empreendedor.

Postar um Comentário